Ainda é lucrativo ter um e commerce?

Quando se pensa nisso, o fato de que qualquer pessoa pode montar um e commerce on-line e vender seus produtos para um público global é bastante surpreendente. Não faz muito tempo, apenas as grandes empresas podiam se dar ao luxo de ter uma presença na Internet. Mas graças à proliferação de plataformas de comércio eletrônico como Shopify e WooCommerce, praticamente qualquer pessoa com um produto ou serviço para vender pode entrar na ação.

Mas, ainda é lucrativo ter um negócio de comércio eletrônico nos próximos anos? Vamos dar uma olhada em algumas das tendências que estão moldando o cenário do comércio eletrônico para descobrir.

e commerce

A Popularidade Contínua do E commerce

Não há como negar que o comércio eletrônico está aqui para ficar. Em 2019, as vendas globais do comércio eletrônico alcançaram US $3,53 trilhões e devem crescer para US $6,54 trilhões até 2023. Isso é muito dinheiro trocando de mãos online! E com cada vez mais pessoas comprando em seus telefones e tablets, só vai se tornar mais fácil para as pessoas comprar coisas sem nunca pisar em uma loja física.

As vantagens de ter uma loja on-line em vez de uma loja física

Há muitas vantagens em ter uma loja on-line ao invés de uma loja física. Por um lado, você não precisa se preocupar com os altos custos associados ao aluguel ou à posse de espaço comercial. Você também não tem que se preocupar em contratar pessoal para administrar sua loja durante o horário comercial. E como seus clientes podem fazer compras de qualquer lugar do mundo, você não está limitado por sua localização geográfica.

Ainda é rentável ter um negócio de comércio eletrônico?

e commerce

Apesar da pandemia da COVID-19, as empresas de comércio eletrônico continuam a ser rentáveis e prevê-se que sejam ainda mais bem sucedidas nos próximos anos. A pandemia forçou muitas empresas de tijolo e cimento a fecharem suas portas, mas as empresas de comércio eletrônico têm sido capazes de se adaptar e continuar a prosperar.

A facilidade e a conveniência das compras on-line fizeram dela a escolha preferida por muitos consumidores, e espera-se que esta tendência continue. Além disso, com mais pessoas trabalhando em casa, há uma maior necessidade de produtos e serviços que possam ser entregues diretamente às portas dos consumidores. As empresas de comércio eletrônico estão bem posicionadas para atender a essa demanda e, como resultado, espera-se que elas vejam um crescimento significativo nos próximos anos.

Ter um site de comércio eletrônico, ou vender seus produtos em um mercado existente (como o da Amazon) ?

e commerce

Quando se trata de vender produtos on-line, há uma série de diferentes opções disponíveis. Talvez a solução mais óbvia seja criar seu próprio site de comércio eletrônico. Contudo, isto pode ser um investimento significativo, tanto em termos de tempo quanto de dinheiro, sem mencionar o esforço contínuo necessário para conduzir o tráfego para seu site. Outra opção é vender seus produtos em um mercado existente como o da Amazon.

Esta pode ser uma solução muito mais simples e menos dispendiosa, pois você terá acesso a uma base de clientes já pronta. Além disso, você se beneficiará das capacidades de marketing e processamento de pagamentos incorporadas à plataforma. Naturalmente você não terá a maleabilidade para editar a página de seus produtos, como seria em um e commerce próprio, visto que você estará alojado dentro da plataforma de vendas como um terceiro, mas se você está procurando uma maneira rápida e fácil de começar a vender no comércio eletrônico, vender em um mercado existente é talvez a melhor das opções existentes…

Quer saber como você pode se tornar parceiro oficial da Amazon e faturar seus primeiros 1000 dólares em 30 dias? Clique aqui e saiba mais, através de um guia completo que eu criei especialmente para você!

Lojas de nicho são uma tendência para o futuro 

e commerce

Espera-se que as lojas de nicho sejam uma grande tendência no futuro. As lojas pop-up têm se tornado cada vez mais populares nos últimos anos, pois oferecem aos compradores a oportunidade de comprar itens únicos de empresas independentes.

Entretanto, as lojas de tijolo e cimento também estão começando a abraçar o conceito de loja de nicho. Boutiques especializadas em um determinado tipo de produto, como roupas vintage ou jóias feitas à mão, estão surgindo nas cidades de todo o país.

E, como as compras on-line continuam a crescer em popularidade, lojas de nicho também estão aparecendo na web. Ao oferecer uma seleção curada de itens difíceis de encontrar, estas empresas são capazes de atrair um grupo específico de compradores que estão procurando algo diferente. Como o cenário do varejo continua a evoluir, as lojas de nicho provavelmente desempenharão um papel importante no futuro das compras.

Conclusão

e commerce

Então, ainda é lucrativo ter um negócio de comércio eletrônico? Absolutamente! Graças à popularidade contínua do comércio eletrônico e às vantagens que as lojas online têm sobre as lojas físicas, nunca houve um momento melhor para iniciar um negócio de comércio eletrônico. Além disso, com lojas de nicho em ascensão, há muitas oportunidades para negócios que são capazes de atingir um público específico. Portanto, se você está pensando em começar uma loja on-line, não há tempo como o presente!

0 0 votes
Classificação

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
fabiocostaonline.com
Logo