O medo de fracassar está impedindo seu sucesso

Medo de fracassar é o tipo de sentimento comum à imensa maioria das pessoas, nos mais diversos sentidos. Mas você já parou para pensar de onde vem o seu medo de errar, de fracassar? 

É bem comum ouvir algumas pessoas dizendo que não têm medo de nada ou que os medos não influenciam suas vidas tanto assim, mas eu tenho algo difícil para te falar:

Se a vida que você deseja, se os resultados que você almeja não são uma realidade, algum medo está lhe paralisando. 

Pode ser de forma inconsciente, mas tem alguma coisa que está impossibilitando que você alcance novas conquistas.

Um dos maiores medos que as pessoas têm é o medo de fracassar, o medo de errar de novo, o medo de não corresponder às expectativas de um terceiro, pois fomos treinados – desde a pré-escola – que errar é ruim e que o caminho é acertar sempre e sempre.

Normalmente o que faz com que as pessoas sintam medo é o trauma ou algo semelhante. Ou seja, as feridas emocionais que os seus sabotadores estão tentando lhe proteger. 

medo-de-fracassar

Deixar tudo para o último instante, sentir um medo irracional, cultivar pensamentos negativos e insistir em crenças limitantes são os meios que seus sabotadores encontram para não deixar você agir e prosperar.

E para se livrar desses sabotadores ou, ao menos, fazê-los falar mais baixinho, você precisa equilibrar a sua mente. 

Suas ações precisam gerar mais emoções positivas do que emoções negativas. Caso contrário, você paralisa. Esse é um ciclo perigoso e destrutivo. Você se vê dentro desse ciclo?

Os sabotadores

O medo de fracassar anda lado a lado com os sabotadores que estão focados em não deixar que você prospere. Mas calma que não tem um ser do mal dentro de você, não é isso. 

É que os sabotadores evitam que você se arrisque e cutuque algumas dessas feridas, gerando sofrimento. Você certamente já deve ter visto, na televisão ou pessoalmente, uma pessoa que bloqueou a lembrança de algo ruim que aconteceu. 

A mente trabalha dessa forma por um instinto de autopreservação, autoproteção. O problema é que nem sempre esses cuidados ficam alinhados com nossos propósitos.

É muito comum reconhecer a autossabotagem em pessoas que querem muito mudar de vida, mas estão sempre pensando em todos os riscos que vão correr. Ela sabota os próprios planos, frustra as próprias ideias e se mantém estagnada como uma pedra. 

Mas isso não acontece de forma consciente e esse é o grande desafio naquela virada de chave mental. As pessoas não ouvem os sabotadores naturais de propósito. Elas não têm consciência que estão fazendo isso consigo mesmas. 

Cada pessoa responde às suas feridas de uma maneira, cada um responde ao ambiente de acordo com os padrões que foram colocados em sua mente. Resultado? 

Ações que promovem o progresso se tornam um verdadeiro fardo.

E como encarar os sabotadores para perder o medo de fracassar?

Para a maioria das pessoas, o problema é sempre o mesmo: falta de resiliência. Mas não porque são fracas ou qualquer coisa do tipo. A verdade é que as pessoas estão muito machucadas e não conseguem se desvencilhar facilmente dessas amarras. 

Até porque essas amarras não existem fisicamente.

As cicatrizes não são racionais e uma atitude muito legal é parar de medir nossa vida com a régua alheia ou vice e versa, afinal, todo mundo teve uma experiência de vida diferente. 

O medo de errar ou o medo do fracasso têm pesos diferentes para cada pessoa. O medo de fracassar trava qualquer pessoa que não saiba como encarar esses sentimentos. 

A autossabotagem é muito forte. Em contrapartida, a força de vontade se esvai com uma certa facilidade. 

Mas aqui está o poder da resiliência: quando as coisas não estão exatamente como você gostaria, compreender que é só um momento passageiro. O processo de cura e evolução é muito mais poderoso que qualquer emoção negativa. 

Por isso é indispensável reconhecer sua dor, ou seja, saber o que causou a ferida e, a partir daí, entender os motivos pelos quais você anda se autossabotando.

As histórias que você ouviu durante toda a sua vida e que você repete insistentemente para si mesmo é um bom palpite sobre o que está te travando. 

Fuja da interpretação precipitada que fica rodando no piloto automático, fazendo com que você tome decisões contrárias às que realmente deseja.

Eu vejo algumas pessoas que repetem a mesma coisa durante a vida toda. Eu falo que essas pessoas têm mania de achar que a mudança é algo para pessoas fracas e que não é algo para se orgulhar.

É muito fácil perder de vista os objetivos quando se está imerso nas próprias crenças, nos próprios medos e no chamado “potencial” para o fracasso. Mas mesmo os fracassos são importantes lições que geram experiências mais intensas e nos fazem progredir.

Aquele fracasso que nos falavam para evitar – desde a pré-escola – sequer deveria ter sido transmitido dessa forma.

Começando a mudança

O primeiro passo é compreender que tudo foi perfeito e aconteceu da maneira que tinha que acontecer, do jeito que foi, isto é, você com certeza fez da melhor maneira que podia, com as ferramentas e informações que tinha na época. 

Não é culpa sua se algo não saiu como o esperado. Você não deve sofrer agora com decisões tomadas quando você não tinha como fazer diferente. E tenho certeza que as dificuldades te fizeram crescer muito mais. 

Essa é a grande virada de chave: a sua mente e você já não são mais as mesmas. Extraia as lições do passado sem se lamentar por não ter sido como gostaria. 

Falando de forma mais abrangente, todas as pessoas procrastinam em algum aspecto da vida. O ato de procrastinar tem relação com fazer algo que não está alinhado ao que você quer de verdade. Se você não sabe por onde começar, é sinal de que não sabe para onde quer ir.

Tem uma passagem no conto “Alice no País das Maravilhas”, de 4 de julho de 1865, que é muito atual e expressa exatamente isso:

“Alice perguntou: Gato Cheshire… pode me dizer qual o caminho que eu devo tomar?

Isso depende muito do lugar para onde você quer ir – disse o Gato.

Eu não sei para onde ir! – disse Alice.

Se você não sabe para onde ir, qualquer caminho serve.”

Se você não tem um caminho traçado para a sua vida, você vai se sentir perdido e frustrado. Reverta essa sensação. Tudo é possível para quem tem clareza de ideias e pensamentos.

Exercício

Eu vou te propor um exercício para fazer ainda hoje: você vai esquecer os medos e focar somente no resultado que uma mudança de atitude vai trazer para a sua vida.

A arma que temos que usar para enfrentar o medo é justamente o desejo de viver a emoção que esse pensamento lhe trouxe. Não adianta olhar para o medo e acreditar que vai encará-lo mas usar as armas erradas. Você precisa trabalhar com aquilo que é importante para você.

Como seria a sua vida se o medo de fracassar não existisse? O que você teria de resultado em sua vida? O que você deixa de realizar tendo esse medo? Quais as oportunidades perdidas por conta desse medo?

Quando eu era criança eu entrava mudo e saía calado da sala. Até os meus 19 anos, eu tinha medo de falar em público. Como eu superei isso? Fiz um curso de oratória, para falar em público.

Mesmo que o medo se mantivesse, eu estudei as técnicas para me expressar bem falando em público. O medo não seria tão determinante assim. E essa foi a minha arma: me imaginar falando para as pessoas, transmitindo minhas ideias e conhecimentos específicos.

São muitos casos de sucesso na Amazon, por exemplo, que são o foco do meu trabalho. Se você procurar no Google, vai ver muitos casos de sucesso. Se você seguir meu canal “Fabio Costa Online”, vai ver muitos casos de sucesso de pessoas como você e como eu.

Um bom exemplo é o caso que eu mostrei no nosso podcast, o Huntercast, de número 84. Mesmo com um trabalho muito bom, ele decidiu que quer mais. Dá uma olhada que legal:

Vi vários casos de pessoas que vieram até o meu canal a fim de uma coisa nova como, por exemplo, trabalhar com vendas online utilizando a Amazon e, mesmo com medo, elas foram lá e fizeram a primeira venda.

Essa atitude mudou tudo porque elas viram até onde é possível chegar e viram que quando elas acreditam nelas mesmas, o resultado aparece. Em pouco tempo vendem mil dólares. Mais um pouco de tempo, resultados maiores. Esse é o ciclo.

O medo e o julgamento

É fundamental isolar o medo do julgamento. Muitas vezes, o medo sequer oferece riscos. O maior medo é o de ouvir o que as pessoas estão pensando a respeito das suas novas atitudes.

Mas entenda que a realidade é que as pessoas sempre vão julgar, elas nunca vão parar de julgar. Então para isolar esse medo, vá lá e faça. E faça novamente. 

Vai chegar um momento em que esse medo (que na maioria das vezes é mais uma ilusão do que realmente o fato) vai encontrar um padrão. E o padrão da ação é que cura o medo.

O que as pessoas vão pensar ou como vão agir – entre outros medos – são acontecimentos externos que estão totalmente fora do seu controle. É como o ditado do remédio que diz que “o que não tem remédio, remediado está”.

Então vá e faça. 

A força do pensamento

O pensamento gera o sentimento que gera a ação, segundo T. Harv Eker, e eu acredito muito nisso. Então conheça o seu medo, deixe ele se mostrar como é, mas, durante o exercício e durante todo o seu processo de cura, pense que mesmo que esse medo exista, o resultado vai fazer tudo valer a pena.

Está com medo de começar um novo negócio? Imagine a felicidade e prosperidade que ele vai te trazer, trazer para as pessoas que você ama. Imagine ser aquela pessoa que todos vão comentar sobre o sucesso que atingiu porque venceu o medo de fracassar.

É muito legal olhar as histórias dos meus alunos, por exemplo, que começaram ali meio sem jeito e hoje mandam prints, mostrando seus US $1000, US $5000, US $10.000, US $100.000 e continuam crescendo. É nisso que você deve focar.

Esperar um resultado nas próximas 24 horas só vai te desmotivar. O sucesso é construção, é persistência, é esperança e muita determinação. Você quer ter mais tempo para curtir a vida? Quer mais tempo para passear com a família ou poder fazer seu próprio horário de trabalho? 

Então foque nisso porque é justamente o que você vai ter se vencer seu medo. Se veja dentro dessa vida e curta, ainda que em pensamento, tudo o que ela te oferece. Assim que conseguir dar seu primeiro passo, independente do tamanho que ela seja, uma estrada com seu nome vai se abrir na sua frente.

Se a Alice soubesse disso lá naquela conversa com o Gato, ela certamente teria mais coragem de seguir pelo País das Maravilhas. Caminhe pelo seu País das Maravilhas com a certeza do que vai encontrar lá na frente: o sucesso!

Você é capaz e merece ser feliz! Ressignifique seu medo ou sua crença para que possa se livrar, de vez, das suas amarras.

Lutando por essa mudança nos pensamentos, você vai conseguir planejar novos caminhos para o seu futuro e chegar ao tão sonhado sucesso pessoal, profissional, social e amoroso. Não dê mais espaço para aquelas vozes que insistem em te dizer que não vai dar certo.

Agora, tire seus planos da gaveta e conte comigo para isso. A sua vida pode ser mais!

Compartilhe este artigo:
Picture of Fabio Costa

Fabio Costa

Meu nome é Fabio Costa e há mais de 6 anos descobri um lado da Amazon que eu não conhecia: ao invés de apenas comprar eu poderia ganhar dinheiro desenvolvendo meu próprio negócio como parceiro oficial da Amazon, morando em qualquer lugar do mundo.

Com a experiência de mais de 19 anos trabalhando com ecommerce e vendas online, eu já sabia a força do mercado online mundial, agora essa força unida com o poder da marca Amazon, muda tudo.

Decidi entrar de cabeça nessa oportunidade. O negócio é tão grande, que mesmo que eu tivesse todo o dinheiro do Mundo eu não conseguiria fazer sozinho. Então decidi compartilhar as minhas técnicas e estratégias com mais brasileiros, como eu gosto de dizer “olhe a árvore pelos frutos”. E falando de frutos, você pode visualizar no meu Instagram e Youtube resultados de pessoas em mais de 20 países com faturamentos entre $1 mil a $115 mil dólares com as estratégias do meu método o AMZ Hunter.

0 a 1000 - O Guia Definitivo para faturar seus primeiros mil dólares na Amazon

Você vai entender como funciona dar os primeiros passos para se tornar um parceiro oficial da Amazon e lucrar os seus primeiros mil dólares.